Escola das Fontainhas visita o Museu do Papel Moeda

fontainhas

“No Poupar Está o Ganho!” é o projeto de Educação Financeira, promovido pela Área Metropolitana do Porto e dezassete municípios, entre os quais S. João da Madeira, em que estamos envolvidos para podermos compreender a importância do dinheiro na nossa vida.

No dia 5 de janeiro, fomos visitar o Museu do Papel Moeda, da Fundação Drº António Cupertino de Miranda, na Avenida da Boavista, no Porto. Aqui, no museu, a brincar a brincar aprendemos como devemos poupar. Vivemos algumas experiências para escolher a melhor forma de gerir o dinheiro. Respondemos a algumas questões e por cada resposta certa recebemos uma carteira com três notas: cinco euros, dez euros e vinte euros.

Descobrimos o código de um cofre que nos abriu a porta para partirmos nesta aventura.

Com o filme “A história do dinheiro” aprendemos que o papel –moeda apareceu em Portugal, no reinado de D. Maria I e que o primeiro papel moeda, notas do primeiro banco português – Banco do Brasil, tinha o nome de apólice do real Erário. Nesta época o dinheiro contava-se em “Reis”.

De seguida fizemos outras atividades: estudamos o mapa da Europa, observamos as notas de Euro e descobrimos a colecção do museu. Ficamos a saber que nem todos os países da União Europeia usam o euro como nós.

Vimos várias notas – todas verdadeiras – de países diferentes que faziam trocas comerciais com Portugal. Até vimos a primeira nota do mundo, uma nota chinesa. Era enorme!

Nesta aventura tínhamos que pagar para passarmos à fase seguinte. Por isso gastamos tudo!

Gostamos muito desta visita pois aprendemos que é preciso gerir bem o nosso dinheiro. Gostávamos muito de lá voltar!

.

Por: Os alunos – 3º Ano EB1 das Fontainhas

.

.

.

Visita ao Museu do Papel Moeda

fontainhas

“No Poupar Está o Ganho!” é o projeto de educação financeira em que estamos envolvidos para podermos compreender a importância do dinheiro na nossa vida.

No dia 18 de novembro, fomos visitar o Museu do Papel Moeda, da Fundação Cupertino Miranda, na Avenida da Boavista, no Porto. Aqui, no museu, a brincar a brincar aprendemos como devemos poupar. Vivemos algumas experiências para escolher a melhor forma de gerir o dinheiro.

Respondemos a algumas questões e por cada resposta certa recebemos uma carteira com três notas: cinco euros, dez euros e vinte euros.Descobrimos o código de um cofre que nos abriu a porta para partirmos nesta aventura. Com o filme “ A história do Dinheiro” aprendemos que o papel-moeda apareceu em Portugal, no reinado de D. Maria I e que o primeiro papel moeda, notas do primeiro banco português (Banco do Brasil) tinha o nome de apólices do Real Erário. Nesta época o dinheiro contava-se em “Reis”. De seguida fizemos outras actividades: estudamos o mapa da Europa, observamos as notas de Euro nos Viewmarters e descobrimos a coleção do Museu. Ficamos a saber que nem todos os países da União Europeia usam o euro como nós.

Vimos várias notas – todas verdadeiras – de países diferentes que faziam trocas comerciais com Portugal. Até vimos a primeira nota do mundo, uma nota chinesa. Era enorme! Nesta aventura tínhamos que pagar para passarmos à fase seguinte. Por isso gastamos tudo! Gostamos muito desta visita pois aprendemos que é preciso gerir bem o nosso dinheiro.

Para rentabilizar a viagem nesta manhã visitamos ainda o Centro de Educação Ambiental que fica num lugar maravilhoso, no Parque da Cidade do Porto, onde relembramos as regras importantes para ajudar a reciclagem.

Gostávamos muito de lá voltar!
Os alunos
2º Ano EB1Fontainhas e 3º Ano EB1 Casaldelo

.

.

.