Transformar óleo usado em velas aromáticas

p1140917p1140911

Hoje foi dinamizado um workshop onde se transformou o óleo alimentar usado em velas aromáticas 100% ecológicas, no Jardim de Infância das Travessas. No âmbito do projeto 100% resíduos e em resultado da confeção dos doces típicos das festas natalícias, as crianças levaram muito óleo alimentar usado para as escolas, tornando possível iniciar a sua reciclagem, transformando-o em velas. Para as crianças, esta atividade parece um truque de magia, uma vez que entra numa máquina “tipo de café”, específica para óleo alimentar usado, que transforma depois óleo com cheiro a peixe, etc, e sai uma vela com um aroma muito agradável, sem parafina.
.
.
.

Formação para auxiliares de ação educativa

No âmbito da Agenda 21 e Projeto Educativo Municipal, foi realizada uma sessão sobre a separação seletiva de resíduos domésticos para os auxiliares de ação educativa ao serviço das escolas do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite.

Estas ações têm sido desenvolvidas para sensibilizar para a temática da separação selectiva e dotar os participantes de conhecimentos e curiosidades que facilitem a abordagem junto dos alunos das escolas onde trabalham. Estes profissionais são elementos fundamentais da comunidade escolar e que muito nos ajudarão a transmitir mais efusivamente e continuamente a mensagem, para a consequente obtenção de melhores resultados nesta área.


.
.
.

O ciclo da água na Educação Pré-Escolar

Na semana de 12 a 16 de dezembro foram dinamizadas diversas ações nos jardins-de-infância, nomeadamente no JI Travessas, CEI, Conde Dias Garcia, Fundo de Vila e Devesa Velha no âmbito do programa intitulado “Água”.

Este programa encontra-se a ser dinamizado em parceria com a empresa Luságua, responsável pela gestão do Sistema de Saneamento e Tratamento de Águas Residuais da Associação de Municípios Terras de Santa Maria, que integra a ETAR do Salgueiro, local para onde é encaminhada a água residual de S. João da Madeira.

Esta primeira ação foi dedicada ao ciclo da água e à sua importância, transmitida através de vídeo e de duas pequenas experiências que possibilitaram uma aprendizagem mais prática e real.

A próxima sessão será dedicada à água de consumo e água residual, onde se pretende que os alunos vejam a cor e aspeto de várias amostras de água residual ao longo das suas diferentes fases do processo numa ETAR.

Com este projeto pretendemos sensibilizar as crianças para o uso eficiente da água, e para a adequação dos nossos comportamentos de forma a contribuirmos para a melhoria do sistema e a preservação deste recurso fundamental à vida.
.


.

Formação de docentes e assistentes operacionais sobre separação seletiva

acao-separacao-residuos-2img_9270

O Agrupamento de Escolas João da Silva Correia promoveu palestras junto de alunos, professores e assistentes operacionais sobre a temática da separação seletiva. Estas palestras estão enquadradas no projeto 100% Resíduos e visam a promoção da separação seletiva, conhecer as vantagens da reciclagem, esclarecer dúvidas e mitos e dar exemplos concretos do contributo desta nas questões sociais e económicas do país. As duas sessões para alunos foram direcionadas para as turmas do 9º ano que vão utilizar os conhecimentos adquiridos e materiais disponibilizados para transmitir a informação aos quintos e sextos anos, no âmbito do trabalho que a EB 2,3 de S. João da Madeira se encontra a desenvolver no âmbito do programa Eco-Escolas.

A sessão vocacionada para professores e assistentes sociais juntou elementos da Escola Básica e Secundária João da Silva Correia e da EB 2,3 de S. João da Madeira que, rapidamente, se transformou num diálogo bastante participado entre os presentes.
.
.
.

Primeira saída de campo do projeto Rios

img_20161109_151105 img_20161109_151207

No passado dia 9 de novembro foi realizada a 1ª saída de campo do projeto rios com alunos do Clube de Ciências da Escola Básica e Secundária João da Silva Correia. O Projeto Rios visa promover a participação social na conservação dos espaços fluviais, procurando acompanhar os objetivos para a Década da Educação das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável e da Diretiva Quadro da Água. A sua implementação pretende envolver cidadãos e dar resposta à alteração e deterioração da qualidade dos rios e à falta de um envolvimento efetivo dos utilizadores e da população em geral.

A primeira saída de campo realizada proporcionou aos alunos que a concretizaram analisar e observar o ecossistema ribeirinho que temos no parque do rio ul e usufruir do espaço, aliando a questões do programa curricular.

.
.
.

2016/2017: Programas para a creche e educação pré-escolar

herois-da-fruta

Os alunos mais pequeninos do concelho têm acesso em 2016/2017 a diversos programas e atividades no âmbito do Projeto Educativo Municipal (PEM).

As Atividades de Animação e Apoio à Família decorrem em todos os jardins-de-infância, através da abertura de espaços durante todo o dia e nas interrupções letivas. As crianças estão devidamente acompanhados por profissionais habilitados e experientes, onde não faltam diversas atividades como a atividade física e desportiva, a educação musical, dança, entre outras.

Crescer bem e saudável é um programa de formação lúdica sobre alimentação saudável, com possibilidade de realizar diferentes módulos e sessões abrangendo temáticas diferentes, para ir de encontro com as necessidades detetadas pelos docentes. Heróis da Fruta é um programa nacional de incentivo para o consumo da fruta. O programa Pequenos Cientistas Sanjoanenses regressa aos jardins-de-infância da rede pública, com aulas de ciência experimental na sala de aula. O programa inclui, de igual modo, a 11.ª feira da ciência, em março/2017 no Museu da Chapelaria.

A área do Ambiente está presente no PEM através de diversos programas de educação ambiental. Árvores da nossa Escola pretende sensibilizar os alunos para a necessidade de preservar as árvores e promover o contato com os espaços verdes da escola e do Município. O programa 100% Resíduos consiste na separação seletiva dos vários resíduos produzidos na escola, nomeadamente embalagens, tampinhas de plástico, rolhas de cortiça, pilhas, óleo alimentar usado e escovas de dentes. Uma das propostas novas para 2015/2016: Cisnes do Parque do Rio Ul. Pretende-se promover o apadrinhamento e a atribuição de nomes aos cisnes do Parque do Rio Ul. Complementarmente as crianças terão contato direto com os animais, assim como com o seu habitat. Em Ecoescovinha, pretende-se desenvolver ações para a saúde, que visam a promoção da saúde oral e, em simultâneo, sensibilizar para uma maior consciência ambiental, nomeadamente a reciclagem das escovas de dentes. No programa Água ensina-se o ciclo da água. Finalmente, o programa Maus tratos e abandono animal faz também parte da oferta educativa, em articulação com o canil intermunicipal Terras de Santa Maria.

14199325_644431479048431_8013777515443531458_n

Criar histórias originais em banda desenhada com total liberdade criativa, envolvendo várias áreas multidisciplinares, é o objetivo da Rede Concelhia de Bibliotecas Escolares através do programa Narrativas gráficas (BD). Outra proposta intitula-se Marcar a Leitura, onde se pretende criar marcadores de livro para promover práticas de leitura/escrita, resultando numa exposição final.

À Descoberta do novo ano é uma proposta de boas-vindas do Museu da Chapelaria, que volta a abrir as portas à iniciativa A árvore dos chapéus, que consiste na construção de chapéus enfeitados reutilizando ou dando uma nova utilidade aos diferentes materiais do dia a dia, mostrando assim aos mais novos as diferentes possibilidades de reutilização dos materiais. A Péu Mostra também está de volta: através de uma história encantada, desvendam-se os segredos de uma fábrica com mais de 100 anos.

Finalmente, diversos eventos vão continuar a dar vida e cor à cidade: Teatro Musical no Natal, Decoração das Rotundas no Natal, Carnaval das Escolas, Semana da Terra, Dia Mundial da Criança, Marchas de S. João, Feira do Livro Usado e A Cidade no Jardim.
.
.
.

2016/2017: Programas para o 1.º ciclo do ensino básico

arvores-nossa-escola

Diversos são os programas abertos às turmas do 1.º ciclo do ensino básico neste ano letivo 2016/2017 no âmbito do Projeto Educativo Municipal (PEM).

O programa Pequenos Cientistas Sanjoanenses regressa ao 1.º CEB da rede pública, com aulas de ciência experimental na sala de aula. O programa inclui, de igual modo, a XI Feira da Ciência, a realizar em março/2017 no Museu da Chapelaria.

Crescer bem e saudável é um programa de formação lúdica sobre alimentação saudável, com possibilidade de realizar diferentes módulos e sessões abrangendo temáticas diferentes, para ir de encontro com as necessidades detetados pelos docentes. Heróis da Fruta é um programa nacional, que pretende incentivar o consumo de fruta. A PSP levará a cabo o programa Educação na Estrada em sessões teóricas e práticas em sala de aula e na pista localizada nas instalações desta força de segurança em S. João da Madeira.

O programa de apoio psicopedagógico continua a apoiar as crianças do 1.º ciclo. Na mesma linha de rumo desenvolverá o programa Quando for para o 5.º ano… Pretende-se que, por um lado, os alunos desenvolvam competências sociais e que, por outro, aprendam a refletir e a desenvolver competências de estudo que facilitem o ingresso no 2.º ciclo e potenciem o sucesso académico.

No Poupar é que está o ganho é um programa desenvolvido pelo Museu Papel Moeda da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, pretendendo mostrar a importância da educação financeira e transmitir conhecimentos para o desenvolvimento de competências que permitam a tomada de decisões informadas e corretas.

Os Circuitos pelo património industrial pretendem pôr os alunos em contacto direto com as empresas e o ambiente fabril, familiarizando os participantes com diferentes processos produtivos e as profissões.

natacao

A área do Ambiente está presente no PEM através de diversos programas de educação ambiental, nomeadamente o 100% Resíduos, Cisnes do Parque do Rio Ul, Ecoescovinha e Rede de Escolas de Futuro – uma estreia no PEM. Este projeto consiste em desenvolver ações como criar, manter e promover as árvores e as florestas nativas, contribuindo para o objetivo do projeto chapéu Futuro – 100.000 árvores, da Área Metropolitana do Porto. O programa Maus tratos e abandono animal faz também parte da oferta educativa, em articulação com o canil intermunicipal Terras de Santa Maria.

Descobrir os cantos à Casa é um programa da Casa da Criatividade que apela à exploração e descoberta deste equipamento cultural. Na mesma linha de rumo, os Paços da Cultura promovem uma visita-guiada, com oficina, ao arquivo histórico municipal através de Letras de Memória, um programa com especial relevo no ano em que se completa 90 anos da emancipação concelhia de S. João da Madeira.

A Rede Concelhia de Bibliotecas Escolares e a Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo propõe uma série de programas, que vão desde a sensibilização para a leitura através da banda desenhada, Poesia de Encantar e Rodinhas de leitura.

O Museu da Chapelaria promove A árvore dos chapéus, que consiste na construção de chapéus enfeitados reutilizando ou dando uma nova utilidade aos diferentes materiais do dia-a-dia, mostrando assim aos mais novos as diferentes possibilidades de reutilização dos materiais. No programa Os atores somos nós, os alunos passam de meros espetadores a atores principais, ajudando a construir uma história baseada em factos verídicos. O Museu da Chapelaria disponibiliza também um conjunto de visitas orientadas que visam explorar diferentes temáticas através do seu acervo. Dirigidas a diferentes graus de ensino, estas visitas pretendem despertar novos olhares e estimular novos conhecimentos, tendo como ponto de partida o vasto universo social e cultural da Empresa Industrial de Chapelaria e do próprio Museu.

MOM – Mudar o Mundo é promovido pelo Banco Local de Voluntariado. Este projeto pretende educar as crianças do 2º ano, do 1º Ciclo, para a prática do voluntariado como exercício da cidadania. Contribui, desta forma, para o aumento da valorização da prática do voluntariado e da sua execução com base na capacitação dos voluntários e na qualidade/eficácia das ações desenvolvidas.

As Atividades de Enriquecimento Curricular decorrem todos os dias letivos do ano, permitindo que as crianças permaneçam na escola até às 17.30 horas. Ensino da Música, Atividade Física e Desportiva, Expressões artísticas e cidadania estão incluídas no programa. Os alunos do 4.º ano têm também acesso a Aulas de Natação de forma gratuita.

Todas as turmas do 3.º e 4.º ano de escolaridade continuam a ter acesso ao Ensino de Chinês Mandarim.

Finalmente, diversos eventos vão continuar a dar vida e cor à cidade: Semana do Desporto Adaptado, Decoração das Rotundas no Natal, Teatro Musical no Natal, Carnaval das Escolas, Semana da Terra, Dia Mundial da Criança, Marchas de S. João, Feira do Livro Usado e A Cidade no Jardim.

10168133_888329534521767_590651870491948879_n
.
.
.